Aprofundamento Biográfico Ita Wegman.
10 de março de 2021
Comprometer-se com seus objetivos, é uma atividade que pode te fazer feliz!
16 de março de 2021

Aprofundamento Biográfico Cleópatra.

“Cleópatra foi uma grande feminista, talvez a primeira que se tenha registros. Foi também uma excelente comunicadora, estudiosa e negociadora. Uma de suas curiosidades é o fato dela falar 9 idiomas. O dom da palavra e da comunicação eram presentes em Cleópatra. E embora a gente encontre várias fotos na internet associadas à imagem da Cleópatra, não há uma imagem que realmente a represente nos estudos que trazem a biografia dela. A imagem mais próxima do que ela realmente foi é uma reconstrução que foi realizada a partir de relatos, porque ninguém sabe qual era o rosto verdadeiramente da Cleópatra” – Daniela Rossi.

Como Faraó fez coisas boas e não boas para segurar seu trono e governou sozinha numa época que esse era um privilégio masculino.

Esse estudo e análises foram realizados e apresentados por Daniela Rossi – aluna da Formação Biográfica na SAGRES – Florianópolis. Daniela gentilmente cedeu seu estudo para publicação nas redes sociais e site da YOUNIQUE na comemoração da Semana Internacional da Mulher, para prestigiarmos essa grande personalidade admirável! Mais uma vez, obrigada Dani, profunda gratidão!”

Boa leitura!

ANÁLISES DA BIOGRAFIA DE CLEÓPATRA

“Marcos dos setênios (principais fatos)”

1 Setênio: 0 a 7 anos
Redoma de Vidro
  • “Cleópatra VII (“”Glória de sua Pátria””) nasce em Alexandria – Egito em 69A.C.
  • Filha de Auletes Ptolomeu XII, rei do Egito e de Cleópatra V Trifena (ambos eram irmãos), portanto, Macedonica. É a segunda dos 5 filhos do casal. Por ordem temos: Berenice, Cleópatra VII, Arsione, Ptolomeu XIII e Ptolomeu XIV. Todos tiveram mortes trágicas ou violentas.
  • 2 anos: Sua criada mastigava toda a comida antes de entrar na boca de Cleópatra.
  • 4 anos: Nasce sua irmã Arsinoe.”
2 Setênio: 7 a 14 anos
Preparação e Nutrição do Intelecto

  • “8 anos: Nasce seu irmão Ptolomeu XIII.
  • 10 anos: Nasce seu irmão caçula Ptolomeu XIV.
  • 11 anos: O tio de Cleópatra perde o Chipre, importante pérola das possessões ptolomaicas pelo fornecimento de madeira e monopólio do cobre. Auletes (pai de Cleópatra) se calou e o seu silêncio e covarida lhe renderam a expulsão do Egito por seus súditos. Assim que Auletes deixa o país, sua filha Berenice IV usurpa seu trono.
  • 12 anos: Sua mãe já estava morta.
  • 14 anos: Conclui seus estudos em retórica e Filosofia. Seu pai Auletes retorna ao Egito e executa sua irmã Berenice. No entanto, a população egípcia continuava retaliando sua regência.”
3 Setênio: 14 a 21 anos
Assumindo o Poder
  • “18 anos: Finaliza sua formação e treinamento para governar. Seu pai sucumbe a uma doença fatal, deixando-lhe o trono para governar ao lado de seu irmão.
  • 20 anos: Ptolomeu XIII faz de tudo para enfraquecer a imagem da irmã perante o povo, ao ponto de, instruído por seu tutor, tentar assassina-la. Cleópatra consegue fugir e se abriga em Tebas.
  • 21 anos: (1 sem) Lutando pela vida, Cleópatra foge do Egito. Ao mesmos tempo, começa uma guerra civil em Roma, entre Pompeu (amigo da família) e Julio Cesar. Pompeu sofre derrota esmagadora de Julio Cesar na Grécia Central e foge para Pelusio. Em 28/09/48 Pompeu aparece na costa do Egito a procura de refúgio. É traído, apunhalado e decapitado na beira da praia pelos súditos de Ptolomeu XIII (Potino, o eunuco. Seu tutor e 1 ministro, Teodoto, seu instrutore e conselheiro; e Aquilas, o general)
  • 21 anos: (2 sem) César chega a Alexandria a procura de seu rival. Cleópatra decide se encontrar com Cesar e talvez salvar sua pele e sua coroa. Cesar declara Cleópatra (21 anos) e Ptolomeu XIII (13 anos) os sucessores do trono Egípcio, devendo viver como um casal sob a proteção romana. Potino e Aquilas tramam assassinar Cesar e Cleópatra, mas são descobertos. Arsinoe (17), foge de dentro do Palácio com a ajuda de seu tutor e se une a Aquilas, incitando uma guerra civil Alexandrina.”
4 Setênio: 21 a 28 anos
Montanha Russa
  • “22 anos: Cleópatra e Cesar estavam sitiados e lutando pela própria vida. Cesar ateia fogo nas naus aportados no cais provocando um grande incêndio. 27/03/47AC Cesar vence e a guerra Alexandrina termina. Cesar declara Cleópatra Rainha do Egito ao lado de Ptolomeu XIV e Ptolomeu XIII será mantido prisioneiro. Final de junho nasce Ptolomeu XV Cesar, apelidado como Cesário (peq. Cesar) pelos Alexandrinos (1 filho de Cleópatra e Julio Cesar).
  • 23 anos: Cleópatra decide apresentar o filho (com 1 ano) para o pai, em Roma.
  • 24 anos: Cesar reconheceu o filho e permitiu que usasse seu nome.
  • 25 anos: Cesar (55) é assassinado. E no seu testamento não deixa nada para Cleópatra nem Cesário. Nomeou seu herdeiro Caio Otaviano, com 18 anos, deixando-lhe 3⁄4 de sua fortuna E SEU NOME. Marco Antônio foi nomeado guardião de Otaviano. Cleópatra, estava grávida novamente e sua posição no Egito estava frágil, a solução foi assassinar o irmão Ptolomeu XIV, envenado. Ptolomeu XV Cesar – Cesário (3 anos) é nomeado Faraó. Em julho de 44 AC. – Tem início a 3a co-regência de Cleópatra.
  • 26 anos: Cleópatra perde o bebê. E funda a 1a escola nativa de Filosofia.
  • 27 anos: Mais um ano na seca e Cleópatra é obrigada a abrir os silos Cleópatra sobrevive a um naufrágio, mas retorna a Alexandria e cai doente.”
5 Setênio: 28 a 35 anos
Realizações, Família e Conquistas
  • “28 anos: Cleópatra viaja para Tarso, ao encontro de Marco Antônio (M.A.). Resultado do encontro: Antônio manda arrancar Arsinoe do Templo em Éfeso e assassiná-la, assim como o velho comandante do Chipre.
  • 29 anos: OUTUBRO DE 40 AC – Fulvia, esposa de M.A. morre. M.A. e Otaviano estabelecem novo acordo: o TRATADO de BRUNDISIO. DEZEMBRO DE 40 AC. : Casamento entre M. Antonio e Otavia.
  • Do outro lado do Mediterrâneo, Cleópatra dá à luz Gêmeos, filhos de Marco Antônio.
  • NASCEM: Alexandre Helio e Cleópatra Selene.
  • 32 anos: Cleópatra leva os gêmeos (já com 3 anos) para conhecerem o pai M.A. que os presenteia com uma vasta extensão territorial.
  • 33 anos: Em abril de 36 Cleopatra já estava grávida novamente e no outono de 36 AC. – Cleopatra deu à luz seu 4o filho, Ptolomeu Filadelfo. Ao final de 37 AC. Cleópatra passa a governar uma vasta extensão territorial. “
6 Setênio: 35 a 42 anos
“Pão e Circo”, Inveja, Rivalidade e Declínio
  • “35 anos: M.A. vence a batalha com a Armenia. Retorna a Alexandria jubiloso de seu feito, trazendo a família real como prisioneiros acorrentados em correntes de ouro. Num cerimonial de celebração das conquistas definem o destino do mundo. As DOTAÇÕES DE ALEXANDRIA concretizaram o grande sonho de Cleópatra: promover um Império universal, reconciliando a Ásia e a Europa, o Oriente e o Ocidente. As moedas cunhadas para a ocasião fizeram Cleópatra ser a primeira estrangeira a figurar numa moeda Romana. Cleópatra agora estava sentada no trono da maior potência do mediterrâneo, ao lado do maior e mais aclamado guerreiro, Dioniso Antonio, a seus pés e ainda trazia seu filho divino, Cesário (ícone do imortalizado Cesar), para calar a voz de qualquer invejoso.
  • 36 anos: Para contribuir com a inveja e rivalidade de Otaviano, Cleópatra cada dia ficava mais rica e poderosa e Otaviano cada vez mais convencia os romanos de que Cleópatra desejava fazer de Roma sua província. “Uma mulher, governando o mundo?” No final de Outubro ele declarou guerra, a Cleópatra! A essa altura, Cleópatra já tinha acumulado a Biblioteca de Pérgamo, os jardins de Bálsamo de Herodes, o melhor da Arte dos Templos da Ásia que M.A. fez questão de saquear e enviar para sua amada, inclusive os Colossos de Hercules, Zeus e Atena que há séculos existiam em Samos. Para expurgar ainda mais a influência oriental em Roma, Otaviano expulsa uma multidão de astrólogos do território.
  • 37 anos: Cleópatra foi acusada pelo Senado Romano, manipulado por Otaviano. Ao final de 32 o Senado caçou o consulado de M.A. e confiscou-lhe toda a autoridade. M.A. e Cleópatra mudaram-se para Patras, na entrada do golfo de Corinto e estabeleceram uma barreira de proteção para proteger as linhas de suprimento para Alexandria. Otaviano ultrapassa as linhas de suprimento de M.A. Cleópatra e M.A. começam a perder vantagem… mais 8 meses de espera e a situação fica desesperadora: mosquitos, seca, malária, exercito desertor e para piorar Enobarbo e Delio, fiéis conselheiros de M.A. mudaram de lado. Mais uma vez Cleópatra acorda com o cheiro acre de cedro e resina. O mesmo cheiro de 17 anos atrás no porto de Alexandria: M.A. incendiara 80 naus,1/3 de sua frota, prevenindo-se de não cair nas mãos de Otaviano. Segue-se a BATALHA DE ACIO. Ao final, uma inesperada manobra de Cleópatra fez M.A. parecer um covarde fugindo do inimigo. Chegando na costa do Egito ambos se separaram. Ele foi para a Líbia. Cleópatra desfalcada fugiu para Alexandria. Cleópatra tenta refazer seu império do outro lado do mar Vermelho. Os Nabateus tocaram fogo a cada navio egípcio puxado por terra. (Nabateus X Herodes). Todas as suas tentativas de buscar aliados no Oriente fracassaram.
  • 38 anos: Para acalmar os ânimos e elevar a moral da população, Cleópatra e M.A. celebram a maioridade de Cesário (16). Cleópatra envia seu Cetro, coroa e Trono de ouro a Otaviano pedindo clemência por sua vida e de seus filhos. A condição: assassinar M.A. Ao final do ano Cleópatra comemorava seus 38 anos e não poupou esforços para celebrar o de MA logo em seguida: em janeiro de 31 ele comemoraria 53 anos. Continuam os festejos, mas ao invés de “Sociedade dos Inimitáveis Viventes”, fundam a “Companheiros da Morte”.
  • 39 anos: Dizem as más línguas que Cleo jogou dos dois lados, facilitando a entrada de Otaviano ao Egito que organizava um ataque de ambos os lados: pela Síria e pela Líbia. 31 de julho Otaviano acampa no portão leste de Alexandria. 1o de agosto Antonio se põe em marcha ao contra-ataque mas é surpreendido pela frota que deserta e se une inteiramente a Otaviano. MA acusa Cleo de trai-lo!! Cleo desestimulou os Alexandrinos e os Sacerdotes do Alto Egito a resistirem ao exercito de Otaviano. Refugiada em seu Mausoleu, envia noticia a M.A. de que se suicidara. MA brandindo a própria espada, a enfia sob as costelas, mas erra o coração e atinge o abdômen. Ninguém o ajuda. Na agonia, Cleópatra aparece. Triste surpresa. Ensanguentado e agonizando, ele é içado ao seus aposentos. Ela perde seu colossal autocontrole: começa a rasgar as próprias vestes e se banhar com seu sangue, lavando o próprio rosto com o sangue do amante, arranhando-se desesperada. Ele a silenciou e pediu um gole de vinho. MA. pede que coopere com o inimigo. Morre em seus braços dia 1o de agosto.
  • 40 anos: Cesário foge com seu tutor para as Índias. Alexandre Helio é decapitado. Cleopatra é presa e mantida sob vigilância para não se matar. Passa dois dias preparando o funeral de M.A. e nas inflamadas manifestações de dor e agonia, arranha-se até ulcerar a região, infeccionando a pele. Otaviano obriga-a a se tratar sob ameaça de assassinar sua filha. 09 de agosto de 29AC.: recebe um criado que lhe traz uma cesta de figos. Ela aproveita de uma bela refeição. Depois, envia uma mensagem a Otaviano: que seja enterrada ao lado de Antonio. Ela o enganara mais uma vez! Correm ao Mausoléu. Ja era tarde. Iras e Charmion, fiéis criadas, a haviam adornado. Estava com sua melhor veste, diadema na cabeça, cetro e flagelo faraônico nas mãos, deitada no divã, adormecida para todo o sempre, após ter se deixado picar por uma cobra.

Temperamento

Sanguíneo com traços de colérico

Missão de vida 

  • A missão de Cleópatra foi em relação ao Egito, dedicando sua vida a manter e preservar sua cultura. Era amada e idolatrada pelo povo, sendo considerada a personificação da deusa Isis na Terra, uma verdadeira sacerdotisa honrando a cultura dos Faraós.
  • Cleópatra representou o poder de expressão, sedução e inspiração do universo feminino, uma força de liderança incomparável para sua época, que enaltece o papel da mulher até os dias atuais.
  • Defendeu seu lugar com unhas e dentes e garantiu o poder e a autoridade feminina, dentro de um universo exclusivamente patriarcal, tornando-se a mulher mais rica e poderosa do mundo em sua época. Um exemplo para as mulheres que vieram depois, mostrando até onde uma mulher pode chegar.
  • Esta legítima Ptolomaica também contribuiu com profundas transformações para a economia do mundo, como por exemplo, fazer a moeda valer o que estava escrito e não mais o que pesava, ou seja, foi a primeira vez na história que se atribuiu um valor hipotético, ao invés, do valor real ao dinheiro.

Qualidades Planetárias

  • Marte, Mercúrio, Vênus e Júpiter

Curiosidades

  • Marte, Mercúrio, Vênus e Júpiter
  • Despertou a inveja e competição do mundo masculino, fazendo com que o império romano se sentisse desafiado
  • Cleópatra foi a única dos Ptolomeus (que se entitularam Faraós), que falava a língua egípcia, o idioma de seu povo, uma vez que os Ptolomeus eram macedônios e predominava a cultura grega, helenista, no período.
  • Preservou a cultura egípcia, sua religiosidade e seus rituais numa época onde os mistérios começavam a perder sua força e a figura dos hierofantes não era mais tão aclamada. O mundo Greco-romano encerra o período dos grandes mistérios e desenvolve a idade da razão.
  • Cleópatra foi muito estudiosa, além de falar 9 idiomas, ela era botânica, pesquisadora, bióloga, uma grande cientista, porque viveu e estudou em Alexandria numa época em que sua monumental Biblioteca reunia o saber e o conhecimento do mundo .
  • Dentre seus estudos, dedicou grande parte de sua vida cultivando serpentes, com o intuito botânico, de pesquisar o veneno das cobras.
  • Há, inclusive, uma hipótese e especulação dos historiadores de que ela procurou uma forma de morrer sem dor. E, provavelmente, tenha encontrado, já que morreu se deixando picar por uma cobra, e quando foi encontrada sem vida, não estava nem com as feições, nem com o corpo contorcidos, nem tensos. Ao contrário, estava com as feições tão suaves e tão serenas, que provavelmente tenha desenvolvido alguma fórmula para não sentir a dor. Diante disso, alguns historiadores especulam que tenha sido uma das precursoras da pesquisa da anestesia… Será??

Fontes

Estudo realizado e apresentado por Daniela Rossi – aluna da Formação Biográfica na SAGRES – Florianópolis. Daniela gentilmente cedou seu estudo para publicação nas redes socias e site da YOUNIQUE na comemoração da Semana Internacional da Mulher para homenagear essa grande mulher que atuou como uma grande feminista na sua época, além de todos os outros méritos relatados em sua biografia, e portanto, merece nosso respeito, admiração e profunda gratidão! Mais uma vez muito obrigada Dani!
Geise Trintinalia
Geise Trintinalia
Sou mãe de um príncipe encantador e tia de 3 sobrinhos maravilhosos. Minha família me nutre. Adoro uma rotina. Planejo tudo que é possível. Sou mais do dia do que da noite. Gosto de coisas bonitas, sofisticadas e elegantes. Aprecio fotos, ler um bom livro, ouvir uma boa música, viagens, decoração de interiores, receber amigos em casa. Nasci, cresci, estudei e trabalhei por muitos anos em São Paulo. Desde 2018, moro e atuo em Massachusetts, nos Estados Unidos, com atendimentos online e sempre engajada em me manter atualizada com as melhores ferramentas de mercado. Pautada em minha história de vida e realizações, meu Propósito de Vida é transformar sonhos em realidade de forma bela, cuidadosa, transparente e amorosa. E os valores que sustentam esse propósito são: Transformação, Experiências Marcantes, Liberdade, Clareza, Autenticidade e Beleza no Resultado. Com esse repertório, experiência e propósito, me coloco à disposição e será um prazer construir com você uma nova jornada de autoconhecimento e desenvolvimento ainda mais repleta de propósito e realização pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *