O temperamento colérico
17 de janeiro de 2021
O temperamento sanguíneo
20 de janeiro de 2021

Martin Luther King Jr.

Esse ano, no dia 18 de Janeiro aqui nos EUA, será feriado em homenagem a Martin Luther King. Trata-se de um feriado nacional e que é comemorado na terceira segunda-feira do mês de janeiro, para que fique sempre próximo a data de nascimento desse homem memorável.

Você conhece a história deste americano que lutou pelos direitos civis dos negros americanos? Te convido a conhecer algumas curiosidades e  alguns dos principais marcos dessa biografia no texto abaixo:

“1º setênio – 0 a 7 anos”    

King nasceu com o nome de Michael King Jr. em 15 de janeiro de 1929, em Atlanta, Georgia.
Em 1934, a igreja mandou seu pai, Michael King Sr. para uma viagem pela Europa para o encontro da Baptist World Alliance (BWA). O tour terminou com a visita a lugares de Berlim associados ao líder da reforma protestante Martinho Lutero. Enquanto esteve lá, Michael King Sr. testemunhou a ascensão do nazismo. Ele retornou para casa em agosto de 1934, e no mesmo ano começou a chamar a si mesmo de Martin Luther King Sr., e seu filho, de Martin Luther King Jr. O, agora chamado Martin Luther King Jr., tinha 4 anos quando isso aconteceu.

“2º setênio – 7 a 14 anos”  

Em 1939, quando King tinha 9 anos, cantou como membro de sua igreja vestido de escravo para uma audiência branca na pré-estreia do filme Gone with the Wind.
Em 18 de maio de 1941 (12 anos), quando King fugiu de seus estudos em casa para assistir um desfile, ele foi informado que algo tinha acontecido com sua avó materna. Ao retornar para casa, King soube que ela sofreu um ataque do coração e morreu enquanto estava sendo levada para o hospital. King sofreu muito com a morte de sua avó e acreditou que sua fuga para ver o desfile talvez tenha sido responsável por Deus levar a vida dela. Por isso, ele pulou do segundo andar de sua casa, e sobreviveu a tentativa de suicídio. Logo após o episódio, o pai de King decidiu mudar a família para uma casa que dava vista para o centro de Atlanta.

Em 1942, quando King tinha 13 anos de idade, ele se tornou o mais jovem gerente assistente de uma estação de entregas do Atlanta Journal. Naquele ano, King pulou o nono grau e entrou na Booker T. Washington High School, a única universidade na cidade para estudantes negros. Ela foi formada depois que líderes locais negros, incluindo o avô de King (Williams), urgiram para o governo de Atlanta criá-la. King ficou conhecido por suas habilidades em falar em público e fazia parte do clube de debate.
Em um determinado dia, ainda aos 13 anos, no caminho de casa para Atlanta de ônibus, ele e seu professor foram ordenados pelo motorista para se levantar a fim de que passageiros brancos pudessem se sentar. King primeiramente recusou, mas depois cedeu após seu professor insistir a ele que estaria desrespeitando a lei caso não se submetesse. Sobre esse incidente, King disse que foi o “momento no qual ele esteve mais irritado em sua vida”.
King inicialmente mostrou-se cético sobre muitas alegações do cristianismo. Com treze anos, ele negou a ressurreição física de Jesus durante a escola dominical. Nesse estágio, ele disse: “as dúvidas começaram a brotar implacavelmente”. Ele constantemente entrava em situações em que não era capaz de se identificar com a emoção que as pessoas tinham pela igreja e começou a se preocupar se ele nunca teria atração pessoal pela religião. Sua preocupação era embasada pelo histórico do pai e avô serem pastores da igreja Batista. 

“3 setênio – 14 a 21 anos”   

Aos 18 anos King decidiu entrar para o ministério. Ele concluiu que a igreja oferecia a maneira mais segura de responder a “um desejo interior de servir a humanidade”. Esse desejo interior de King começou a florescer e ele fez as pazes com a igreja batista, acreditando que seria um pastor mais racional, com sermões de grande força respeitosa, mesmo que fossem para protesto social.
King graduou-se com 19 anos em Teologia na Universidade de Boston.

“4 setênio – 21 a 28 anos”   

Aos 23 anos King casou-se com Coretta Scott, em 18 de junho de 1953, no jardim dos pais dela em sua cidade natal Heiberger, Alabama.

Convertido em pastor, em 1954, com 25 anos, Martin Luther King assumiu a função de pastor em uma igreja na cidade de Montgomery, no Alabama.

Com 26 anos nasce sua primeira filha Yolanda King.
Aos 28 anos a certidão de nascimento de King foi oficialmente alterada de Michael King para Martin Luther King. Também nessa idade nasce seu segundo filho Martin Luther King III.

“5º setênio – 28 a 35 anos”    

Martin Luther King, com 28 anos, fundou a Conferência da Liderança Cristã do Sul, sendo o seu primeiro presidente. Passou a organizar campanhas pelos direitos civis dos negros.

Aos 31 anos, conseguiu liberar o acesso dos negros em parques públicos, bibliotecas e lanchonetes. Ainda com 31 anos, nasce o terceiro filho do casal, Dexter Scott King.

Aos 33 anos nasce a última filha do casal, Bernice King.

Com 34 anos, sua luta alcançou um dos momentos mais importantes da história, ao liderar a Marcha sobre Washington, que reuniu 250 mil pessoas, quando fez seu mais importante discurso intitulado I Have a dream (em português, Eu tenho um sonho), onde descreve uma sociedade onde negros e brancos possam viver harmoniosamente. Ainda aos 34 anos, Martin Luther King e outros representantes de organizações antirracistas foram recebidos pelo presidente John Fitzgerald Kennedy, que se comprometeu agilizar sua política contra a segregação nas escolas e a questão do desemprego que afetava de modo especial toda a comunidade negra. O presidente foi assassinado antes que pudesse realizar o combinado.
Nessa mesma idade teve sua linha telefônica grampeada pelo FBI e foi preso por protestar contra o tratamento dos negros em Birmingham”.

“6º setênio – 35 a 42 anos”    

Aos 35 anos, recebeu o Prêmio Nobel da Paz. Organizou e liderou marchas na luta dos negros pelo direito a voto, contra a segregação, a favor dos direitos trabalhistas e outras conquistas civis básicas. A maioria desses direitos foram com sucesso promulgadas nas leis dos Estados Unidos com a criação da Lei dos Direitos Civis de 1964 e a Lei dos direitos de voto de 1965, quando Martin Luther King tinha respectivamente 34 e 35 anos.

No dia 4 de abril de 1968, aos 39 anos, Martin Luther King foi assassinado com um tiro enquanto descansava na sacada de um hotel em Memphis, Tennessee, onde apoiava um movimento grevista dos lixeiros. 

Temperamento     

Colérico com traços de melancólico.

(Ter um temperamento colérico, não necessariamente significa ser agressivo ou violento. Conheça mais sobre os Temperamentos nos artigos publicados nas redes sociais e site da Younique).

Missão de vida

A causa de Martin Luther King foi a luta pelos direitos civis dos negros dos EUA, através da não-violência e desobediência civil, inspirado por suas crenças cristãs e o ativismo não-violento de Mahatma Gandhi. Martin fez da palavra sua arma contra o racismo e emocionou o mundo com seus discursos.

Outras curiosidades

Discurso famoso: Eu Tenho um Sonho

Citações:

A injustiça em qualquer lugar é uma ameaça à justiça em todo lugar.
A escuridão não pode expulsar a escuridão; apenas a luz pode fazer isso. O ódio não pode expulsar ódio; só o amor pode fazer isso.
Sempre é hora de fazer o que é certo.

Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Martin_Luther_King_Jr.

Geise Trintinalia
Geise Trintinalia
Sou mãe de um príncipe encantador e tia de 3 sobrinhos maravilhosos. Minha família me nutre. Adoro uma rotina. Planejo tudo que é possível. Sou mais do dia do que da noite. Gosto de coisas bonitas, sofisticadas e elegantes. Aprecio fotos, ler um bom livro, ouvir uma boa música, viagens, decoração de interiores, receber amigos em casa. Nasci, cresci, estudei e trabalhei por muitos anos em São Paulo. Desde 2018, moro e atuo em Massachusetts, nos Estados Unidos, com atendimentos online e sempre engajada em me manter atualizada com as melhores ferramentas de mercado. Pautada em minha história de vida e realizações, meu Propósito de Vida é transformar sonhos em realidade de forma bela, cuidadosa, transparente e amorosa. E os valores que sustentam esse propósito são: Transformação, Experiências Marcantes, Liberdade, Clareza, Autenticidade e Beleza no Resultado. Com esse repertório, experiência e propósito, me coloco à disposição e será um prazer construir com você uma nova jornada de autoconhecimento e desenvolvimento ainda mais repleta de propósito e realização pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *