Você vivenciou a Crise entre “Ser” ou “Ter”?
15 de dezembro de 2020
Como encontrar atividades para a felicidade que se ajustem aos seus interesses, valores e necessidades.
7 de janeiro de 2021

Oportunidades nas Crises da Vida

Já falamos, em posts anteriores, sobre algumas das principais crises que, segundo a Antroposofia, passamos na vida. Nesse post, começaremos pela definição de crise. Essa palavra vem do grego Krisis, que significa separação, algo que precisa de discriminação, julgamento e decisão. É um ponto de transição, mudança. Por isso, perguntar-se como devo agir e reagir a uma crise, já é um caminho para o enfrentamento da questão. Como diz Gudrun Burkhard, “uma crise, uma depressão, são superadas pela ação, mesmo que seja com passos bem pequenos”. Daí a importância de conhecermos uma metodologia que nos oferece a possibilidade de passarmos pelas crises e encontrarmos oportunidades de crescimento nessas situações adversas. 

Abaixo vamos conhecer um método idealizado por Julian Sleigh, e descrito por Gudrun Burkhard por meio do qual podemos identificar oportunidades durante as crises para passarmos por elas da forma mais eficiente possível.

Primeiro Passo:

Reconhecer os fatos, pois o contrário seria negar a existência da crise e, portanto, mais difícil tentar resolvê-la. Importante descrever todos os detalhes: como surgiu, as pessoas envolvidas, o impacto e as dificuldades que causam (ou causaram).

Segundo Passo:

Reconhecer que a crise faz parte de você e que você é responsável pela crise, assumindo e respondendo pelo que aconteceu e tomando consciência de que você integra o problema.

Terceiro Passo:

Aceitar que a crise pode servir para crescimento pessoal e profissional. Reconhecer os sentimentos de raiva, depressão, medo, ódio, culpa, fadiga e desespero podem ajudar.

Quarto Passo:

Saber o que se pode aprender com a crise e tentar entendê-la. Pergunte-se: O que tenho que aprender com essa crise?

Quinto Passo:

Analisar mais profundamente o problema para que não o banalize ou trate-o na superficialidade.

Sexto Passo:

Reconhecer que, após a crise, sempre haverá um novo dia. Aqui, é importante tomar a coragem para mudar os hábitos e as atitudes, iniciando novas resoluções.

Sétimo Passo:

Momento de definir um plano de ação e começar a captar as oportunidades. Escrever um plano passo a passo e imaginar como gostaria de estar.

Oitavo Passo:

Encarar o futuro e gerar entusiasmo. Deixar o passado e o que gerou a crise definitivamente para trás, evitando agarrar-se ao que já foi e limpando tudo que nos atrapalha materialmente e emocionalmente, como a raiva e expectativas irrealizáveis. Uma dica para esse passo é limpar e doar objetos que não representam mais você, abrindo assim espaço para o futuro.

Nono Passo:

Perdão. Um passo altruísta é muito importante para darmos mais um passo em busca das oportunidades que as crises nos oferece. “Gudrun reforça: Como você vai dar o passo para perdoar o outro? Um telefone, uma carta, uma mensagem. Mesmo se o outro estiver inalcançável, mande-lhe os pensamentos positivos do perdão”.

Décimo Passo:

Gratidão. Agradecer as possibilidades que a crise nos gerou, transforma as emoções negativas em positivas e gera um grande aprendizado. É como um reconhecer que “Perdi, mas ganhei”.

Décimo Primeiro Passo:

O convite aqui é retomar a alegria de viver. Após todo o pesar da crise, pode vir a leveza. 

Décimo Segundo e Último Passo:

Esse é o momento de caminhar, buscar a paz e nova fé em si mesmo. Esse passo representa a conquista da paz e da tranquilidade anterior à crise.

De forma simples e objetiva, descrevemos um resumo desse método que nos traz uma forma de olharmos para as oportunidades que as crises nos trazem e como podemos lidar com elas. Ainda segundo Gudrun, este trabalho pode ser feito sozinho, escrevendo; em diálogo com um amigo ou com a ajuda de um profissional. 

Enfim, podemos concluir que além da dor, mal estar e todos os inconvenientes que as crises nos trazem, podemos também olhar para esses momentos como uma oportunidade de rever nossos comportamentos, crenças e atitudes perante a vida e as situações. 

A Younique pode ajudar você a identificar esses momentos e criar um plano exclusivo para superar suas crises e viver melhor. Conheça mais os nossos programas de desenvolvimento e entre em contato conosco.

Geise Trintinalia
Geise Trintinalia
Sou mãe de um príncipe encantador e tia de 3 sobrinhos maravilhosos. Minha família me nutre. Adoro uma rotina. Planejo tudo que é possível. Sou mais do dia do que da noite. Gosto de coisas bonitas, sofisticadas e elegantes. Aprecio fotos, ler um bom livro, ouvir uma boa música, viagens, decoração de interiores, receber amigos em casa. Nasci, cresci, estudei e trabalhei por muitos anos em São Paulo. Desde 2018, moro e atuo em Massachusetts, nos Estados Unidos, com atendimentos online e sempre engajada em me manter atualizada com as melhores ferramentas de mercado. Pautada em minha história de vida e realizações, meu Propósito de Vida é transformar sonhos em realidade de forma bela, cuidadosa, transparente e amorosa. E os valores que sustentam esse propósito são: Transformação, Experiências Marcantes, Liberdade, Clareza, Autenticidade e Beleza no Resultado. Com esse repertório, experiência e propósito, me coloco à disposição e será um prazer construir com você uma nova jornada de autoconhecimento e desenvolvimento ainda mais repleta de propósito e realização pessoal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *